Competências e Habilidades Necessárias ao Tutor na Educação à Distância

  • Valeria Gomes Barboza
  • Márcia Prado Castro Faculdade Campos Salles

Resumo

A Educação à Distância multiplica e expande o papel do professor, atribuindo-lhe diferentes funções e atribuições, imprescindíveis ao sucesso na aprendizagem do aluno. O presente artigo, por meio de pesquisa bibliográfica, tem como intento descrever brevemente a história do surgimento da Educação à Distância no Brasil e realizar concisa reflexão sobre as particularidades da docência na Educação à Distância, abordando as competências e habilidades imperativas, principalmente, ao docente que atua como professor-tutor, bem como a importância da tutoria no contexto dos cursos à distância e as características e responsabilidades inerentes as atividades desenvolvidas.

Referências

ALVES, J. R. M. A história da EaD no Brasil.IN: LITTO, F. e FORMIGA, M. (Org) Educação à Distância: o estado da arte. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009.
BELLONI, M. L. Educação à distância. 2ª Ed. Campinas: Autores Associados, 2006.
BRASIL. Decreto nº 5.622, de 29 de dezembro de 2004. Regulamenta o art. 80 da Lei n º 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (referente ensino à distância), Brasília. 2005. Disponível em: . Acesso em: 08 nov. 2016.
______. Ministério da Educação. Portaria Ministerial nº 4.361, de 19 de dezembro de 2005. Regulamenta processos de credenciamento e recredenciamento de IES, Brasília. 2004. Disponível em: df >. Acesso em: 15 nov. 2016.
______. Ministério da Educação. Referenciais de qualidade para educação superior à distância. Brasília, 2007. Disponível em: . Acesso em: 20 out. 2016.
LANDIM, C. M. M. P. F. Educação à distância: algumas considerações. Rio de Janeiro: s.n.1997.
MAIA, M.C. O uso da tecnologia de informação para a educação à distância no ensino superior. 2003, 294f. Tese (Pós-Graduação em Administração de Empresas da FGV-EAESP). Disponível em: . Acesso em: 21 out. 2016.
MAIA, C.; MATTAR, J. ABC da EaD: educação à distância hoje. São Paulo: Pearson Prentice Hall. 2007.
NISKIER, A. Educação à Distância: A tecnologia da esperança. São Paulo: Loyola, 1999.
NUNES, I. B. A história da EAD no mundo. 1 Capítulo do livro: Educação à distância o estado da arte. LITTO, F. M. e FORMIGA, M. (orgs). São Paulo: Pearson Education, 2009.
PETERS, O. Didática do ensino à distância. São Leopoldo (RS): Unisinos, 2001.
______. A educação à distância em transição: tendências e desafios. São Leopoldo: Unisinos, 2003.
SILVA, M. B. O processo de construção de identidades individuais e coletivas do ser-tutor no contexto da educação à distância, hoje. Tese de doutorado – Programa de Pós-graduação em Educação, UFRGS, Porto Alegre, 2008.
TORI, R. Educação sem distância: as tecnologias interativas na redução de distâncias em ensino e aprendizagem. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2010.
TORRES, C. C. A Educação à Distância e o Papel do Tutor: Contribuição da Ergonomia. 2007. 198 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade de Brasília, 2007. Disponível em: . Acesso em: 08 nov. 2016.
VILLARDI, R. Tecnologia na educação: uma perspectiva sócio- interacionista/ Raquel Villardi e Eloiza Gomes de Oliveira. Rio de Janeiro: Dunya, 2005.
Publicado
2017-06-30
Como Citar
BARBOZA, Valeria Gomes; CASTRO, Márcia Prado. Competências e Habilidades Necessárias ao Tutor na Educação à Distância. Revista Acadêmica Integra/Ação, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 237-250, june 2017. ISSN 2594-4878. Disponível em: <https://www.fics.edu.br/index.php/integraacao/article/view/523>. Acesso em: 02 dec. 2021. doi: https://doi.org/10.22287/integraacao.v1i1.523.