Vulnerabilidade Externa da Economia Brasileira de 1994 a 2010

  • Janiele da Silva Moura
  • Marcos Rodrigues de Medeiros
  • Adenauer Cesar Rockenmeyer
  • Sergio Januário de Freitas

Resumo

Este trabalho tem como objetivo destacar as principais crises econômicas internacionais entre 1994 e 2010 e identificar qual a relação das mesmas com a vulnerabilidade econômica brasileira. Nossa pesquisa se inicia nas mudanças do cenário econômico brasileiro desde a implantação do Plano Real até o ano de 2010, através do estudo das consequências dessas mudanças para a economia brasileira. A pesquisa realizada é de caráter qualitativo através de coleta e avaliação de dados obtidos em arquivos físicos, livros e também arquivos virtuais. Concluímos que durante o período estudado a vulnerabilidade externa da economia brasileira permaneceu em um grau elevado devido ao alto índice de passivo externo líquido.

Referências

ALMEIDA, Paulo Roberto. O Brasil e as crises financeiras internacionais 1929-2001. Cena Internacional, ano 3, n. 2, p. 89- 114, dez. 2001.
ALMEIDA, Paulo Roberto. As crises financeiras internacionais e o Brasil desde 1929: 80 anos de uma história turbulenta. 2009.
ANDRADE, Maria Margarida de. Como preparar trabalhos para cursos de pós-graduação: noções básicas. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2004.
ASSIS, Maria Cristina. Metodologia para o trabalho científico. 2013, http://biblioteca.virtual.ufpb.br/files/metodologia_do_trabalho_cientifico_1360073105.pdf, acesso em 18/08/2015.
AVERBURG, André; GIAMBIAGI, Fábio. A crise brasileira de 1998/1999 – Origens e consequências. Textos para discussão do BNDS, n.77, Rio de Janeiro, maio 2000.
CARCANHOLO, Marcelo Dias. A vulnerabilidade econômica do Brasil: abertura externa a partir dos anos 90. Aparecida, SP: Ideias & Letras, 2005.
REBÊLO, Felipe César José Matos. Crise Financeira de 2008: A intervenção do Estado no domínio econômico. Revista SJRJ, Rio de Janeiro, v.17, p. 69-79, 2010.
GALVÊAS, Ernane. Crônicas Econômicas. Rio de Janeiro: Dedalus - Acervo – FEA, 2010.
GONÇALVES, R. Globalização e desnacionalização. São Paulo: Paz e Terra, 1999.
GREMAUD, Amauri Patrick; VASCONCELOS, Marco Antônio Sandoval; TONETO JR, Rudinei. Economia Brasileira Contemporânea. São Paulo: Atlas, 2009.
NOIJE, Paulo Van. Vulnerabilidade externa e composição da posição nacional de investi-mentos: Brasil 2001 a 2010. Revista de Economia Política, v.34, n.3 (136), p.471- 484, julho – setembro/2014.
SOUZA, Nilson Araújo. Economia Brasileira Contemporânea - De Getúlio a Lula. São Paulo: Atlas, 2004.
SOUZA, Nilson Araújo. Economia Internacional Contemporânea - Da depressão de 1929 ao Colapso Financeiro de 2008. São Paulo: Atlas, 2008.
THE WORLD BANK. World Data Bank. 2014, http:// data-bank.worldbank.org/data/home.aspx.Acesso em 16 de outubro de 2015.
UNTCAD. Inward and outward foreing direct investiment stock, annual, 1980 2012.2013,htpp://untcadcast.untcad.org/tableViewer/tableView.aspx?Reported=89.Acesso em 16 de outubro de 2015.
Publicado
2017-06-30
Como Citar
MOURA, Janiele da Silva et al. Vulnerabilidade Externa da Economia Brasileira de 1994 a 2010. Revista Acadêmica Integra/Ação, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 99-120, june 2017. ISSN 2594-4878. Disponível em: <https://www.fics.edu.br/index.php/integraacao/article/view/516>. Acesso em: 02 dec. 2021. doi: https://doi.org/10.22287/integraacao.v1i1.516.