A Relação da Organização da Sociedade Civil (OSC) com o Contador Terceirizado

  • Camila Cançado Tonelli
  • Conceição Ferreira Hipólito
  • Denise de Souza Valosio Rebelo
  • Kátia Aparecida Mendes da Silva
  • Maria Bernadete Rosa, Profa.

Resumo

As organizações da sociedade civil são responsáveis por produzirem bens e serviços que satisfaçam os desejos da população. Estas estão se a cada dia, se destacando no contexto social e econômico no País. Concomitante a este crescimento é observa-se recursos que devem ser empregados corretamente em busca de seus objetivos. O controle interno de uma organização é uma ferramenta indispensável para o sucesso, independentemente de seu porte. Desta maneira, o controle interno deve ser avaliado e organizado de modo a atenderem suas necessidades e expectativas. O papel do contador terceirizado é importante para o crescimento e sustentabilidade financeira das organizações, seu papel fundamental é planejar, junto aos gestores, as ações que deverão ser tomadas e quais controles internos serão utilizados. Cabe ao contador a explicação e a interpretação dos dados contábeis validar as informações financeiras, servindo assim para legitimar os controles financeiros, para que a organização esteja preparada, seja mais competitiva, consiga ter cada dia mais clareza, transparência e sucesso em relação as suas atividades financeiras.

Referências

BENÍCIO, João Carlos. Gestão Financeira para Organização da Sociedade Civil. São Paulo: Global, 2000.
BRASIL, Lei nº 13.019, DE 31 de JULHO 2014. Estabelece o regime jurídico das parcerias voluntárias entre a administração pública e as organizações da sociedade civil.
BRASIL, Lei nº 12.101, DE 27 de NOVEMBRO 2009. Dispõe sobre a certificação das entidades beneficentes da assistência social.
CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE
Manual de procedimentos contábeis e prestação de contas das entidades de interesse social / Conselho Federal de Contabilidade. - Brasília: CFC, 2008.
Resolução CFC 1.409/12 – ITG 2002 – Entidade sem Finalidade de Lucros
COOK, J.W; WINKLE, G.M. Auditoria: Filosofia e Técnica. São Paulo: Saraiva, 1983.
DINIZ, Flavia. - http://www.cienciascontabeis.com.br/importancia-contabilidade-terceiro-setor/Artigo Publicado em 15/07/2014-Acesso 15 de junho de 2015 ás 15:45h.
FASFIL, As Fundações Privadas e Associações Sem Fins Lucrativos no Brasil 2010: Disponível em: http://www.tozzi.com.br/arquivos/489.pdf; Acesso em 18 de junho de 2015 ás 18:06h.
FONSECA, Reinaldo Aparecida, TAROCO, Jonas Silva, NAZARETH, Luiz Gustavo Camarano, FERREIRA, Roberto do Nascimento. A Importância do Contador nas Organizações. – SEGeT-2014 – XI –Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia.
LIMA, Franciane Gonçalves. Contabilidade como Instrumento Essencial no Desenvolvimento das Entidades do Terceiro Setor: O Caso Acaci. Disponível em: http://pdfoiohr.org/k-1269238.html. Acesso 13 de junho de 2015 as 10:25h.
LOPES, Paloma de Lavor, VIANA, Natalia da Silva: Artigo: Administração Contábil no Terceiro Setor, SEGeT. X Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia. Disponível em: http://www.aedb.br/seget/arquivos/artigos13/201811.pdf; Acesso: 15 de junho de 2015 ás 17:20h.
LUNKES, R.J.; Schnorrenberger, D. Controladoria: Na coordenação dos sistemas de gestão.Ed. São Paulo: Atlas S.A 2009.
MAGNUS, Cristina de Oliveira. Controle interno financeiro em uma entidade sem fins lucrativos, 2007. 49 fls. Monografia do Curso de Ciências Contábeis: Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2007.
MAXIMIAMO, A.C.A. Teoria Geral da Administração: Da Revolução Urbana à Revolução Digital, 6. Ed. São Paulo: Atlas S.A., 2010.
RICINI, Carem Daniele. ZANCHET, Aládio. Fatores Determinantes nas Decisões de Terceirização Dos Serviços Contábeis das Empresas na Cidade de Petrolina – PR. VII Seminário do Centro de Ciências Sociais Aplicadas – Campus de Cascavel.
Publicado
2017-06-30
Como Citar
TONELLI, Camila Cançado et al. A Relação da Organização da Sociedade Civil (OSC) com o Contador Terceirizado. Revista Acadêmica Integra/Ação, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 135-146, june 2017. ISSN 2594-4878. Disponível em: <https://www.fics.edu.br/index.php/integraacao/article/view/515>. Acesso em: 02 dec. 2021. doi: https://doi.org/10.22287/integraacao.v1i1.515.