Governança corporativa

  • Michelli Beziaco Ribeiro FICS-SP
  • Ricardo Alexandre C. C. Ribeiro FICS-SP
  • Oswaldo Matarossi Filho FICS-SP

Resumo

Este artigo é o resultado de uma pesquisa sobre o tema da Governança Corporativa no Brasil. Apresenta uma analise da adoção de suas práticas ao examinar os principais regulamentos disponibilizados para as empresas interessadas na adoção das mesmas, bem como lança uma luz sobre a atuação dos principais organismos envolvidos no tema, que são a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA) e o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC).

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
Aluna do curso de tecnologia em gestão financeira nas Faculdades Integradas Campos Salles e formada em gestão de processos gerenciais na Unicid
##submission.authorWithAffiliation##
Aluno do curso de tecnologia em gestão financeira nas Faculdades Integradas Campos Salles
##submission.authorWithAffiliation##
Mestre em Administração e professor de finanças nas Faculdades Integradas Campos Salles e na Unicapital

Referências

1. DERICK, ALMEIDA, “IBGC cria questionário para avaliação de conselho”, in Revista Capital Aberto. O mercado de capitais sob novos ângulos, São Paulo, Ano 9, Nº 101, p. 50, Jan. de 2012.
2. MARTINS, H. C., HILDEBRAND, D. F. & ZIVIANI, F. “Estudo bibliométrico sobre a produção de governança corporativa no Enampad no período de 2000 a 2007”, in NETO, J. A. S. e MARTINS, H. C, Finanças e Governança Corporativa. Práticas e Estudos de Caso, Rio de Janeiro, Fundação Dom Cabral, 2010.
3. SOUZA N., MELO J. A. &, BERNARDES, P. “Governança corporativa e a agregação de valor ao preço das ações: um estudo setorial”, in NETO, J. A. S. & MARTINS, H. C., Finanças e Governança Corporativa. Práticas e Estudos de Caso, Rio de Janeiro, Fundação Dom Cabral, 2010.
4. MUTO, SILVIO, “Erro primário:Companhias do Novo Mercado cometem o absurdo de entregar balanços sistematicamente com atraso” , in Revista Capital Aberto. O mercado de capitais sob novos ângulos, São Paulo, Ano 9, Nº 101, p. 38-40, Jan. de 2012.
5. SILVEIRA, ALEXANDRE DI MICELI, “Governança: Faça o que eu digo... Parte II: Levantamento revela investidores institucionais indiferentes às melhores práticas”, in Revista Capital Aberto. O mercado de capitais sob novos ângulos, São Paulo, Ano 9, Nº 101, p. 60-61.
6. Cartilha IGC – Indice de Governança Corporativa. Disponível em: http://www.Bmf bovespa.com.br, acesso em: 11.Ago.2012
7. Cartilha IGCT – Índice de Governança Corporativa Trade. Disponível em: http://www.bmfbovespa.com.br, acesso em: 19. Ago.2012
8. Comissão de Valores Mobiliários, CVM – Recomendações da CVM sobre governança corporativa Junho de 2002. Disponível em: http://www.cvm.gov.br, acesso em: 11.Ago.2012
9. Instituto Brasileiro de Governança Corporativa – Cartilha Julho de 2009 - Código das melhores práticas e governança corporativa – 4º Edição – Julho de 2010. Disponível em www.ibgc.org.br, acesso em: 11.Ago.2012
10. O que são níveis de Governança Corporativa. Disponível em http://www. bmfbovespa. com.br, acesso em 19.Ago.2012
Publicado
2012-12-23
Como Citar
RIBEIRO, Michelli Beziaco; RIBEIRO, Ricardo Alexandre C. C.; FILHO, Oswaldo Matarossi. Governança corporativa. Anais do Seminário das Faculdades Integradas Campos Salles, [S.l.], v. 4, dec. 2012. Disponível em: <http://www.fics.edu.br/index.php/seminario/article/view/176>. Acesso em: 17 sep. 2021.

Palavras-chave

Governança Corporativa; ações; mercado de capitais; transparência