Evolução do desenvolvimento socioeconômico da América Latina - Período 2000 - 2012

  • José Flávio Messias PUC-SP
  • José Ultemar da Silva USP

Resumo

O objetivo dessa pesquisa é refletir sobre as mudanças ocorridas no sistema econômico como um todo, mais especificamente osimpactos gerados nas estruturas sociais e o agravamento de suas vulnerabilidades, decorrentes do acirramento da concorrência e da consequente pulverização da produção. O rápido avanço tecnológico e a busca contínua de vantagens comparativas em torno do planeta fragmentam a produção, que, por sua vez, flexibilizam o trabalho e reduzem o emprego, ou seja, diminui-se a mão de obra necessária no processo, em razão da mecanização e da robotização dos processos, gerando um contingente de excluídos do sistema.

Tendo como pano de fundo as discussões travadas na condução da economia, em torno da questão da pobreza, do desenvolvimento socioeconômico e dos mecanismos de (re)inserção da população no sistema econômico, mediante análise das contribuições de pesquisadores de instituições públicas e privadas, vamos focar as políticas sociais implementadas em alguns países da América Latina, por meio dos  Programas de Transferência Condicionada de Renda (PTCRs), que visam atenuar parcialmente os níveis de pobreza e as desigualdades existentes, além de avaliar os resultados obtidos da implantação desses programas, em contraponto a crise financeira internacional iniciada em 2009, que desencadeou sérios problemas sócio-econômicos, inclusive nos países ricos.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
Doutor Ciências Sociais / Relações Internacionais – PUC/SP. Professor do Departamento de Ciências Gerencias Uninove - SP
##submission.authorWithAffiliation##
Pós-Doutor em Administração / USP. Doutor em Ciências Sociais / Relações Internacionais PUC/SP. Professor do Departamento de Ciências Gerencias Uninove_SP

Referências

ABRANCHES, S. H. et. al. Política social e combate à pobreza, 3º ed., Jorge Zahar Editor, RJ. 1994.
AFONSO, J.R., Fiscalidade Crédito e Crise no Brasil: Diagnóstico e Proposições, Estudos Fundap (4), fevereiro de 2012.
AKTOUF, O. A administração entre a tradição e a renovação, Editora Atlas, S.P., 1996.
BATISTA, P. N. et.al. Em defesa do interesse nacional desinformação e alienação do patrimônio público, SP, Paz e Terra, 1994.
CEPA, ESTUDIO ECONÓMICO DE AMÉRICA LATINA Y EL CARIBE 2007 2008, 2008.
CEPA, ESTUDIO ECONÓMICO DE AMÉRICA LATINA Y EL CARIBE 2012, 2012.
CEPAL, INSTITUICIONES DE LA POLITICA SOCIAL: OBJETIVOS, PRINCIPIOS Y ATRIBUTOS. Informes e estudios especiales, 2006.
CEPAL, PANORAMA SOCIAL DA AMERICA LATINA 2012, 2012.
CEPAL. PANORAMA DE LA INSERCIÓN INTERNACIONAL DE AMÉRICA. Latina y el Caribe, Tendencias 2008, 2007.
CEPAL, VISIONES DEL DESARROLLO EN AMERICA LATINA AMÉRICA, 2007.
GARSCHAGEN, S., RESGATE SOCIAL AVANÇA NA AMÉRICA LATINA, Revista Desafios. dez/ 2007.
IANNI, O. Teorias da globalização, 4ª ed., Ed. Civilização Brasileira, R. J. 1997.
LODI, J.B., Governança Corporativa: O Governo da Empresa e o Conselho da Administração, Campus, R.J., 2000.
MESSIAS, J. F. & SILVA, J. U., Políticas Sociais Evolução Desenvolvimento Sócio Econômico da América Latina: 1998 a 2008, 15. IV Seminário Nacional de Pesquisa Universidade Nove de Julho, 2010. p. 333-341.
MESSIAS, J. F., O Papel das Intituições na Construção do Século XXI nas Visões da Nova Economia e das Relações Internacionais e Comércio Exterior, in SILVA, J. U. (org), Gestão das Relações Econômicas Internacionais, Editora Cengage, São Paulo, 2008. p.185-200.
OSTRY. S. A nova ordem mundial e a tendência à regionalização. In A nova ordem mundial em questão. VELLOSO, J.P.R.; MARTINS, L. José Olympio Editora, p. 362-400, 1994.
BRESSER-PEREIRA, L.C. ESTRATÉGIA NACIONAL E DESENVOLVIMENTO. REVISTA DE ECONOMIA POLÍTICA, V. 26, N. 2 (1023), P. 203-30, ABRIL-JUNHO 2006.
PINHEIRO, V.C. Modelos de desenvolvimento e políticas sociais na América Latina em uma perspectiva histórica. Planejamento e Políticas Públicas, n. 12, jun-dez 1995.
POCHMANN, M. Políticas de emprego e renda no Brasil. In Bógus & Paulino, políticas de emprego, políticas de população e direitos sociais, 1997.
POCHMANN, M., Vulnerabilidades sociais no capitalismo. In Pesquisa & Debate - PUC/SP, v. 8, nº12, 1997.
RAWLS, J. Uma teoria da justiça. São Paulo: Editora Martins Fontes, 1997
TÔRRES, O. de L. S., A noção sócio-econômica da pobreza, São Paulo: ESP/FGV, 1985.
TÔRRES, O. de L. S., Populações e famílias, São Paulo: ESP/FGV, 1987.
Publicado
2013-12-20
Como Citar
MESSIAS, José Flávio; SILVA, José Ultemar da. Evolução do desenvolvimento socioeconômico da América Latina - Período 2000 - 2012. Augusto Guzzo Revista Acadêmica, São Paulo, n. 12, p. 189-205, dec. 2013. ISSN 2316-3852. Disponível em: <http://www.fics.edu.br/index.php/augusto_guzzo/article/view/197>. Acesso em: 24 aug. 2019. doi: https://doi.org/10.22287/ag.v1i12.197.

Palavras-chave

Desemprego; Desenvolvimento econômico; Vuleabilidades Sociais; Políticas sociais; Crise Financeira Internacional